Início > Casa, Eu, Hoje, Lembranças, Retratos da Vida Real..., São Paulo > Retratos da Vida Real… Divórcio…

Retratos da Vida Real… Divórcio…

Tudo começou há alguns meses, quando a conheci em uma loja próximo ao meu antigo trabalho, e, desde aquele dia, tudo mudou. Foi paixão a primeira vista, não teve jeito, quando percebi, já estávamos morando juntos.

E quando isso aconteceu, já não teve mais jeito. Apresentei para meus amigos e parentes, temendo ainda, que talvez eles não a aceitassem. Mas diferetne do que eu imaginava, a aceitação foi muito boa, salvo um comentário de meu pai que disse ao pé do meu ouvido, “É isso mesmo que você quer?’.

Passado esse momento, tudo foi se tornando mais e mais maravilhoso. Uma felicidade insuperável, com momentos de alegrias e satisfação, as quais não há como se definir em palavras.

Foram meses com muito divertimento. Eram shoppings, restaurantes, bares, viagens… Realmente, algo encantador. Mas… Isso, no começo…

Com o tempo ela começou a ficar ranzinza. Tudo aquilo que eu mais admirava, tornou-se lamentação. Se por um lado ela era um anjo, por outro sabia muito bem como me irritar profundamente.

Reclamava de tudo, mudava de opnião a todo momento, e quando contrariada, simplesmente parava no meio da rua. E era um sacrifício fazer com que ela me acompanhasse.

Quantas vezes eu não tentava fazer algum agrado que ela não aceitava muito bem? Quantas vezes fiquei esperando dias e dias até que ela mudasse seu humor?

Foi difícil. Aliás, muito difícil.

E a separação nunca é fácil, para ambos. Sempre no momento de despedida, vêm aquelas lambranças dos bons tempos que quase nos faz mudar de idéia no último momento, bem naquele em que pegamos a caneta para assinar o documento decisivo.

Dá saudades, não minto, sinto muitas até. Mas hoje me sinto bem melhor e mais aliviado. Me separar do meu golzinho Madalena não foi fácil…

É… Andar de ônibus não vai ser nada fácil… rs…

Anúncios
  1. setembro 27, 2008 às 2:01 pm

    Depois vc me diz que não merece prêmios e indicações por escrever tão bem… euli isso tudo pensando como estava sendo difícil vc se separar de “alguém” de carne e osso..!

    Hehehe… bom ver vc na ativa de novo. Bjos de novo

  2. setembro 12, 2008 às 2:40 pm

    Amei a sua história…

    Comecei a me identificar e tal…..aí de repente assim como a Carlinha comecei a rir….

    Muito bom Alec…..conseguiu alegrar o meu dia….

    PS: Vê se passa lá, hein!

    Bjos

  3. setembro 8, 2008 às 3:00 pm

    Hahaha…
    Andar de ônibus é uma desgraça, pelo aqui no meu pedaço! Melhor mesmo é começar a procurar um novo amor…

  4. setembro 7, 2008 às 1:53 pm

    hehhe, adorei! um certo suspense no ar! Bacanão o seu blog!

    beijos

  5. setembro 4, 2008 às 9:12 pm

    Me lembrou a história do “hoje tenho saudade dela” na incorruptivel opção de continuar com o carro…
    Sensacional a maneira como apresentou a história.
    Abraço!

  6. setembro 4, 2008 às 5:01 pm

    já estava pronta pra dizer “sinto muito, mas a vida é assim”… rsss

    meu irmão tem um golzinho parecido, que só dá dor de cabeça…rsss

  7. setembro 4, 2008 às 3:38 pm

    Ia escrever algo pra te dar uma força moral e…. comecei a rir, de repente!
    Achei estranho seu pai te perguintar se era isso mesmo que você queria mas… vai entender o amor, né?
    Adorei o post.
    Bjo.

  8. setembro 4, 2008 às 3:11 pm

    oi sumidinho…
    Vc me pegou com esse post hein..
    Muito bom mesmo!!!
    Bjus

  9. setembro 3, 2008 às 5:33 pm

    hehehehe
    Estava quase chorando…rs

    É, andar de ônibus não é fácil, mas como disse a amiga Poetriz, é bom para ler =D

    bjosss

  10. setembro 3, 2008 às 4:34 pm

    Saudade sempre fica, e pior, a saudade tende a amenizar os defeitos. Logo logo você dirá que era a coisa mais maravilhosa do mundo e que nunca te deixou na mão!

    Andar de ônibus não é fácil mesmo.
    Mas existem situações piores. Pense por esse lado…

    E adquiri um hábito excepcional andando de metrô: ler.

    Bjs!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: